Desratização

DESRATIZAÇÃO

Na desratização não há necessidade de desocupar o local. O controle de roedores é feito com iscas e outros produtos específicos. Pode ficar tranquilo (a), não há riscos para seu animal doméstico. Todo cuidado é tomando para que tudo seja feito da forma tortamente segura.ratoa


 

Danos Causados

    Em indústrias e comercio em geral, mas principalmente no setor alimentício, roedores apresentam-se como um grande problema devido ao volume de produtos, que estes podem consumir, danificar e contaminar. Estudos revelam que em média um roedor consome 25 gramas de alimentos por dia. No entanto, um roedor ao alimentar-se geralmente danifica um volume que varia de 5 a 10 vezes ao consumido.

Quanto às possibilidades de contaminação dos produtos são estimados que  por meio dos pelos, fezes, urina e mordidas dos roedores possam ser  transmitidas quarenta e cinco tipos de doenças.

Outro fator são os danos estruturais causados pelos roedores, como por exemplo, os provocados aos cabos elétricos. O que pode causar curtos-circuitos ou ser fonte de ignição em processos de incêndios.

Deste modo, é extremamente importante que empresas implementar programas de controle de roedores. E estes se fundamentam na adoção das seguintes medidas:

  • Implantação de barreiras físicas
  • Adoção de métodos para saneamento de ambientes
  • Redução do número de indivíduos de uma população.

Principais espécies de roedores urbanos

    São descritos a seguir características das três principais espécies de roedores responsáveis por infestações em no estado de São Paulo, sendo estas: camundongos (Mus musculus), ratos de telhado (Rattus rattus), e ratazanas (Rattus novergicus).

  1. a) Camundongo

Os Camundongos dentre as três espécies citadas são os de menor porte e estes possuem por características: (a) peso médio de 10 a 20 g, (b) expectativa de vida 12 meses, (c) período de gestação de 19 a 21 dias e este repete-se de 5 a 6 vezes ao ano, sendo que de cada gestação nascem de 3 a 8 filhotes, (d) caudas afiladas  e (e) orelhas salientes em relação ao tamanho da cabeça.

Estes roedores, geralmente, vivem em pequenos grupos familiares e abrigam-se em caixas, moveis, pilhas de caixas e, ou, sacarias, e tocas escavadas em paredes. O raio de ação a partir do abrigo  é de aproximadamente 3 metros.

  1. b) Rato de Telhado

Os ratos de telhado chegam a pesar 300g. Possuem corpo esguio, orelhas e olhos grandes em relação a cabeça, a cauda é afilada e o comprimento desta é maior que o do corpo. Fato, que os conferem mobilidade e equilíbrio ao escalar paredes, cabos elétricos, galhos de árvores e outros tipos de superfícies verticais. A maturidade sexual ocorre de 60 a 75 dias e o período de gestação é de 20 a 22 dias, com ninhadas de 7 a 12 filhotes (4 a 8 ninhadas/ano). A expectativa de vida é de 18 meses e estes organizam-se em colônias.

Geralmente, abrigam-se em lugares altos, onde constroem seus ninhos, descendo ao solo em busca de alimento e água.

  1. c) Ratazana

As ratazanas dentre as três espécies é a que possui maior porte. Estas possuem por características: (a) peso  médio de 600 g, (b) olhos e orelhas pequenas em relação ao tamanho da cabeça, (c) cauda grossa com pêlos e (d) período de gestação de 22 a 24 dias, podendo ocorrer de 8 a 12 gestações por ano, sendo que a cada uma delas gerado de 7 a 12 filhotes. A maturidade sexual ocorre aos 60 a 90 dias de vida.

Estes roedores abrigam-se, preferencialmente, em tocas em forma de túneis escavados no solo e estas podem chegar à profundidade de até 1,5 m. Fato que pode causar danos estruturais às edificações. Outros locais utilizados como abrigo são galerias de esgoto ou de águas pluviais, caixas subterrâneas de telefone e rede elétrica e margens de córregos. O raio de ação, destes roedores, é de aproximadamente 50 metros. No entanto, estes podem nadar distâncias superiores a 500 m. O que é propiciado, pelo fato destes roedores possuírem membranas interdigitais.

Normalmente, vivem em colônias que podem conter um grande número de indivíduos, o que irá depender da disponibilidade de: alimentos, água e abrigo. Estas colônias possuem divisões hierárquicas determinando dominados e dominantes.